Benfica e Vitória de Guimarães discutem em Aveiro a Supertaça Cândido de Oliveira

|

Tal como já vem sendo habitual nos últimos anos, o jogo será no Estádio Municipal de Aveiro, no dia 5 de agosto, sábado, pelas 20h30.

História

Disputada entre o vencedor da Primeira Liga e o vencedor da Taça de Portugal, a Supertaça Cândido de Oliveira é um troféu já com 38 edições. Esta temporada, fruto da dobradinha conquistada pelo Benfica em 2016/2017, a final é disputada entre o vencedor da Primeira Liga e o finalista vencido da Taça de Portugal. Curiosamente esta é a competição em que o Benfica tem menos tradição no futebol Português. Apenas 6 títulos em 18 finais é um registo muito pobre para o clube que mais títulos tem em Portugal. O Futebol Clube do Porto tem a hegemonia nesta competição, com 20 títulos, o que até faz todo o sentido, se pensarmos que é uma prova relativamente recente. Até o Sporting surge à frente do Benfica, com uns impressionantes 8 troféus em apenas 9 finais. Quanto aos minhotos, somam 1 vitória em 3 presenças em finais da Supertaça. É sempre um jogo aguardado com bastante expectativa, já que abre as competições oficiais para clubes da Primeira Liga, e normalmente é uma boa montra para ver as novas versões das equipas.

O jogo

Os bilhetes deste jogo estão esgotados já há algum tempo e podemos contar com um fantástico espetáculo nas bancadas, com os adeptos de um e outro clube a dar apoio às suas equipas. O jogo terá a duração de 90 minutos, com recurso a prolongamento e grandes penalidades caso seja necessário. O vídeo árbitro também já estará presente, sendo mais um atrativo para a partida.

Guerreiros Vitorianos

Depois de várias temporadas na sombra do Sporting de Braga, o Vitória de Guimarães parece ter-se emancipado na temporada passada, fruto do excelente trabalho que alguns treinadores que por lá passaram realizaram, Sérgio Conceição (FC Porto) e Rui Vitória (Benfica), mas principalmente do homem do leme Pedro Martins. O Vitória tem sido uma equipa muito consistente e capaz de dar luta a qualquer um dos grandes, seja no Dom Afonso Henriques ou fora de casa. Se acredita que o Vitória irá conseguir equilibrar esta partida, então o Handicap DV +2 a favor dos minhotos a 1.62 na bet.pt parece ser uma excelente opção. Aposta que vencerá caso o Vitória não perca por 2 ou mais golos. Se olharmos para a pré temporada dos vitorianos, vemos que a equipa de Pedro Martins está pronta, em 5 jogos disputados apenas perdeu com o FC Porto (0-2), vencendo todos os outros jogos, incluíndo o Sporting (3-0), num excleente registo.

Festa na final

Conhecendo o estilo arrojado do Vitória de Guimarães e do seu treinador Pedro Martins, podemos ter a certeza que a equipa minhota não se vai limitar a defender, adiando o 0-0 pelo máximo de tempo possível, como infelizmente vemos acontecer tantas vezes contra os grandes. Esse é um estilo que não encaixa na equipa nortenha. Pedro Martins sabe que a única forma de bater o Benfica é pondo pressão na defesa dos encarnados, com contra ataques rápidos e bolas nas costas da defesa. Somando tudo isto à enorme capacidade ofensiva do Benfica nas últimas temporadas, acreditamos que este será um jogo de parada e resposta, com ambas as equipas a jogar de olhos postos na baliza contrária e muito trabalho para os guarda redes. Se tal como nós acredita num ritmo alto e muitos golos, então a opção de ambas marcam a 2.00 na bet.pt ou o mais de 2.5 golos a 1.60 na betclic são ideiais para si.

CASA DE APOSTAS, QUAL ESCOLHER?