Se perder a sua primeira aposta, a Betclic devolve-lhe o valor até 50€!   REGISTE-SE!

Xangai, China - Os nossos prognósticos Xangai, China

Descubra os nossos prognósticos para os principais jogos ATP e WTA do Masters 1000 de Shanghai!


Masters 1000 de Xangai

Oito dos nove Masters 1000 dentro da programação da temporada, Xangau é uma etapa incontornável. Não é obra do acaso se apenas Murray (2010, 2011, 2016), Djokovic (2012, 2013, 2015) e Federer (2014) triunfaram nos últimos sete anos em terras chinesas. Se os dois primeiros não marcarão presença, como há vários meses, o Rei do court tenciona reabrir o caminho para o sucesso na China. Coroado em Pequim há poucos dias, Rafa desembarca por seu lado com o seu fato de favorito. Será que o número 1 mundial pode ir até ao fim de um torneio que, para espanto coletivo, nunca conquistou ainda?

Nadal desponta na China

O furacão Rafa varreu todos em Pequim, dias antes. Perto de ser afastado na segunda volta, o número 1 mundial foi subindo de rendimento, até a uma final arrumada em pouco mais de uma hora frnete a Kyrgios (6-2 6-1). Em forma, o Espanhol está pronto para a luta de Xangai. Nunca decorado ainda neste Masters, “El Toro” sonha em corrigir esta anomalia. Colocado numa parte da tabela onde só Cilic está em medida de o contrariar, Nadal pode ver ao longe.

apostar em Nadal com uma cota de 2.80 em Betclic é um bom investimentos!

Federer vai à caça

Roger is back! A descançar desde a sua derrota nos quartos e final do US Open frente a Del Potro, o rei conta retomar a sua marcha vencedora na China. Colocado numa parte da tabela mais complicada que a de Nadal (Goffin, Thiem, Zverev,...) RF terá que dar muito para atingir a última etapa de um torneio que só venceu uma vez, em 2014. A sua odd de 3.2 na Casino Portugal é algo baixa se considerarmos a incertezas envolta da sua participação. Nem sempre tranquilizador fisicamente estas últimas semanas, o homem das 40 vitórias para 4 derrotas esta temporada, terá que nos sossegar antes de nos aricarmos a aposta na sua vitória final. Já teremos uma ideia mais clara após a sua estreia, programada frente a Schwartzman.

Zverev, mais do que um outsider

Se ainda não brilhou num Grand Slam, Sascha Zverev já vai passeando no Masters. Autor de uma bela temporada, o Alemão arrecadou dois dos sete MS1000 da temporada (Roma, Toronto). Derrubado na semifinal do recente 500 de Pequim por um Kyrgios inspirado, o atual número 4 mundial, recentemente apurado para o Masters de Londres, quer continuar a subir na China. No topo fisicamente, Zverev é capaz de ir o mais longe possível. Poderá defrontar Thiem nos quartos de final, antes de encarar Federer para um lugar na final.

A cota de 10 proposta para uma vitória de Zverev é bem interessante

Na retaguarda, uma batalha para um lugar no Masters organiza-se

As épocas são longas e desgastantes para os jogadores de topo. Num momento em que Djokovic, Murray, Wawrinka, Raonic e Nishikori ainda estão ausentes, é tempo para os outsiders de pontuar com força, na perspetiva de disputar o Masters. Anderson soube aproveitar a situação ao alcançar a final do US Open, para se posicionar entre os 10 primeiros. Vitorioso do seu primeiro Masters em Cincinnati, Grigor Dimitrov (ATP 8) faz parte dos tenistas capazes de chegou ao fim na China ( odd de 19). O seu potencial quarto de final frente a Rafael Nadal pode valer o seu peso em ouro!

Seguiremos de muito perto Thiem e Del Potro. Se estiver no seu melhor nível, o Argentino ( 15 na bet) é completamente capaz de atordoar qualquer um em Xangai. Juan Martin poderá encontrar Sascha Zverev logo na terceira volta, antes de colidir com Thiem, Sharapovalov ou Isner. O sobrevivente deste infernal quarto de tabela, deverá logicamente defrontar Federer para um lugar na final.

Torpedeado por parte de Nadal na final do torneio de Pequim (6-3 6-1) há poucos dias, Nick Kyrgios ( cotado a 15) poderá por seu lado reencontrar o seu carrasco na meia-final. Colocado em baixo da parte alta da tabela, o Australiano será presumivelmente oposto a Cilic logo na terceira volta. O vencedor desafiará Dimitrov ou Anderson para um lugar no últimos quadrado: possível.

O nosso prognóstico

Com isto, está tudo em aberto na parte baixa da tabela, incontestavelmente a mais competitiva. Colocado no cimo, Rafa Nadal parece estar relativamente bem protegido. Irresistível no fim de semana em Pequim, o Espanhol vai ser difícil de parar neste torneio que conta erguer pela primeira ver. Aconselhamos a aposta no número 1 mundial.

Aposto em Nadal como vencedor do Masters Xangai a 2.8 em Bet.