Betano
 50€  GRÁTIS!
Betclic
 50€  GRÁTIS!
Betway
 10€  GRÁTIS!
50€ de Bónus na BETANO !   CLIQUE AQUI !

Há mesmo pessoas que vivem de apostas desportivas?

O fenómeno das apostas desportivas está hoje massificado, atingindo praticamente qualquer parte do mundo, à excepção de um número reduzido de países, por alguma razão socioeconómica ou falta de legislação. Mas se a maioria - a larga maioria - dos apostadores encara a atividade como um hobby, de uma forma lúdica, também há quem a perspective e assuma como uma profissão, já que a finalidade é ganhar dinheiro! E, assim, consiga viver das apostas desportivas, juntando verdadeiramente o útil - a subsistência - ao agradável - o prazer de apostar em eventos desportivos.

A palavra-chave do apostador profisional

A palavra-chave para quem vive de apostas desportivas, ou para quem decide tirar rendimentos mais ou menos constantes desta atividade, é a disciplina. O fenómeno das apostas desportivas pode facilmente levar um apostador menos consciente ou com um controlo emocional sólido, a perdas avultadas. Exemplo prático: o desespero por recuperar de uma aposta perdida, entrando, não raras vezes, numa espiral de insucesso de consequências imprevisíveis - e normalmente de prejuízo considerável. 

O apostador profissional - vamos defini-lo assim - consegue manter sempre o equilíbrio e perceber que, antes de mais, o risco existe sempre e não só de ganhos se faz o mundo das apostas desportivas. Depois, terá de ser suficientemente organizado e preparado, com uma estratégia clara, não apenas para estudar devidamente todos os eventos e mercados em que decide apostar, mas também para fazer uma gestão adequada dos seus fundos e movimentos. O apostador bem sucedido, que sabe gerir o seu dinheiro, pode identificar algum sentido empreendedor, o que é bastante positivo.

Quem vive das apostas define uma Estratégia

Por outro lado, temos que desfazer algum fantasma: o apostador profissional, não tem obrigatoriamente de se dedicar em full-time a esta atividade para viver dela. Pode perfeitamente cumular esta atividade com o seu emprego, por exemplo. Aliás, a menos que decida enveredar pelo trading - disponível num número reduzido de operadores - algumas horas por dia são mais do que suficientes para criar uma estratégia potencialmente vencedora e até para evitar a tendência de procurar eventos ou mercados apenas para recuperar de eventuais apostas perdidas. Efetivamente, ‘desligar’ um pouco das apostas e dar descanso à mente, também é saudável.

Considerando alguns pontos-chaves de uma boa estratégia, o apostador deverá em primeiro lugar definir claramente qual o montante da sua carteira e qual o seu objetivo a curto/médio prazo. Depois, deverá identificar quais as suas modalidades prediletas, escolhendo criteriosamente eventos com relativa margem de segurança. O apostador profissional não envereda por tiros de sorte em resultados cuja probabilidade de êxito é extremamente reduzida. Nunca se deve deixar levar pelo valor apelativo de algumas cotas, por exemplo.

Depois, em terceiro lugar, o apostador procura reunir o máximo de informação sobre os eventos em causa. Existem hoje até empresas que oferecem serviços de informação privilegiada, como é o caso da Sportytrader, que ajudam os seus clientes a conhecer a fundo todos os pormenores relevantes antes de efectuar uma aposta num determinado evento. Por exemplo, num jogo de futebol, quem são os atletas indisponíveis ou até eventuais problemas internos num clube, são dados bastante relevantes. Tão relevantes que costumam influenciar o valor das odds.

Ter uma ambição controlada

Um apostador profissional, devidamente preparado e disciplinado, terá fortes probabilidades de sucesso, mas o momento-chave será igualmente o da perda. Tanto no momento de uma determinada aposta que teve o resultado indesejado, mas também num mês em que o balanço não seja positivo ou tenha um lucro reduzido. A ambição controlada e a persistência são um aspectos importantíssimos e só os apostadores equilibrados conseguem justificar o termo “profissional”. A perda de controle deve ser altamente considerada, e não se deve pensar que “é só desta vez”. Se conhecer algum apostador português que vive de apostas - ou de outro país - deve ser uma das frases que nunca terá a oportunidade de ouvir da boca dele.

Por outro lado, a perda de controle a médio/longo prazo, pode ter consequências trágicas, podendo ser qualificada de dependência - ou vício do jogador. Nesse caso, entra num fenômeno cada vez mais conhecido: o Jogo Problemático. Para combater esta praga, alguns serviços de apoio existem, podendo consultar a nossa página sobre a nossa Política de Jogo Responsável, a qualquer momento. Através desta página, poderá reconhecer os primeiros sinais relativos ao famoso Jogo Problemático. Por isso, a disciplina, a força de vontade e o facto de ter recuo suficiente para poder identificar um problema com as apostas, são tantos paradigmas importantes para as pessoas que vivem das apostas desportivas.

Como viver de apostas desportivas?

Em conclusão, deixamos uma lista de conselhos para um dia, consegui viver da sua paixão pelas apostas desportivas. Uma atividade que pode exercer a qualquer momento, em qualquer local ou parte do mundo, de férias ou não. Veja alguns dos segredos para viver das apostas desportivas seguidamente:

  • Disciplina
  • Organização
  • Análise e estudo
  • Equilíbrio emocional
  • Ambição controlada
  • Persistência

Ler mais sobre as apostas desportivas