Bónus de devolução da sua primeira aposta!   Visitar

ATP Montreal - Os nossos prognósticos ATP Montreal

Prognóstico 1X2

19/10
20:40
Las Vegas, EUA, Pares
B Klein / J Salisbury
1 N 2
B Kozlov / S Kozlov
18/10
17:00
Las Vegas, EUA, Pares
B Lock / C J Lock
1 N 2
King K / Roelofse R
19/10
21:00
Cali, Colômbia
Jaume Antoni Munar Clar
1 N 2
Andrej Martin
20/10
08:00
EUA F34, Pares
Hiltzik A / Ram-Harel O
1 N 2
Adams H / Vinsant S
19/10
15:00
Cali, Colômbia
Guilherme Clezar
1 N 2
Alejandro Gonzalez
20/10
08:00
Malásia F1, Individuais
Alessandro Bega
1 N 2
Martins Podzus
20/10
08:00
Malásia F1, Individuais
Ryota Tanuma
1 N 2
Takashi Saito
20/10
08:00
Malásia F1, Individuais
Jurabek Karimov
1 N 2
Denis Yevseyev
20/10
08:00
Malásia F1, Individuais
Evan Song
1 N 2
Lukas Ollert
20/10
08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Naomi Cheong
1 N 2
Junri Namigata
20/10
08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Chihiro Muramatsu
1 N 2
Jia-Jing Lu
20/10
08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Miyabi Inoue
1 N 2
Olivia Tjandramulia
20/10
02:00
Suzhou, Doubles W-WITF-CHN-16A
Kuwata H / Robson L
1 N 2
X You / L Zhu
20/10
08:00
Suzhou, Singles W-WITF-CHN-16A
Nao Hibino
1 N 2
Hanyu Guo
20/10
08:00
Suzhou, Singles W-WITF-CHN-16A
Nina Stojanovic
1 N 2
Lizette Cabrera
19/10 20:40
Las Vegas, EUA, Pares
B Klein / J Salisbury B Klein / J Salisbury
B Kozlov / S Kozlov B Kozlov / S Kozlov
1 N 2
18/10 17:00
Las Vegas, EUA, Pares
B Lock / C J Lock B Lock / C J Lock
King K / Roelofse R King K / Roelofse R
1 N 2
19/10 21:00
Cali, Colômbia
Jaume Antoni Munar Clar Jaume Antoni Munar Clar
Andrej Martin Andrej Martin
1 N 2
20/10 08:00
EUA F34, Pares
Hiltzik A / Ram-Harel O Hiltzik A / Ram-Harel O
Adams H / Vinsant S Adams H / Vinsant S
1 N 2
19/10 15:00
Cali, Colômbia
Guilherme Clezar Guilherme Clezar
Alejandro Gonzalez Alejandro Gonzalez
1 N 2
20/10 08:00
Malásia F1, Individuais
Alessandro Bega Alessandro Bega
Martins Podzus Martins Podzus
1 N 2
20/10 08:00
Malásia F1, Individuais
Ryota Tanuma Ryota Tanuma
Takashi Saito Takashi Saito
1 N 2
20/10 08:00
Malásia F1, Individuais
Jurabek Karimov Jurabek Karimov
Denis Yevseyev Denis Yevseyev
1 N 2
20/10 08:00
Malásia F1, Individuais
Evan Song Evan Song
Lukas Ollert Lukas Ollert
1 N 2
20/10 08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Naomi Cheong Naomi Cheong
Junri Namigata Junri Namigata
1 N 2
20/10 08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Chihiro Muramatsu Chihiro Muramatsu
Jia-Jing Lu Jia-Jing Lu
1 N 2
20/10 08:00
Hamamatsu, Singles W-WITF-JPN-12A
Miyabi Inoue Miyabi Inoue
Olivia Tjandramulia Olivia Tjandramulia
1 N 2
20/10 02:00
Suzhou, Doubles W-WITF-CHN-16A
Kuwata H / Robson L Kuwata H / Robson L
X You / L Zhu X You / L Zhu
1 N 2
20/10 08:00
Suzhou, Singles W-WITF-CHN-16A
Nao Hibino Nao Hibino
Hanyu Guo Hanyu Guo
1 N 2
20/10 08:00
Suzhou, Singles W-WITF-CHN-16A
Nina Stojanovic Nina Stojanovic
Lizette Cabrera Lizette Cabrera
1 N 2
Descubra os nossos prognósticos para os principais jogos do Masters 1000 de Montreal.

Masters Montreal: um duelo Federer – Nadal ?

Depois de Wimbledon, os pesos pesados do ténis têm encontro marcado em Montreal, no Canadá, num torneio que marca o arranque da segunda parte da época. Este torneio do Masters 1000 não conta com a presença de Djokovic, lesionado, mas conta com um Roger Federer em grande forma. Ausente deste torneio desde 2011, o suíço nunca ganhou em Montreal. Amigos apostadores, aqui vai o que precisam de saber antes de colocarem as vossas apostas no quinto Masters 1000 da temporada !

Djokovic ausente, Roger presente !

Djokovic não irá ao Canada, nem aos torneios seguintes. Cansado de suportar as dores e longe da sua melhor forma física, o sérvio decidiu por fim à sua época. Foi uma decisão muito ponderada, que nos lembra a tomada por Roger Federer no ano passado, mais ou menos na mesma altura. O suíço, por sua vez, participará na festa de Montreal. Vencedor do torneio em Toronto (as duas cidades alternam a receção deste evento anualmente) em 2004 e 2006, o rei nunca levantou o troféu aqui na segunda maior cidade do país, querendo com certeza acrescentá-lo ao seu currículo. A sua presença neste torneio traz, assim, grandes expetativas.

Federer comanda o circuito

Roger tem esmagado a concorrência desde janeiro.Em grande forma, Roger Federer já acrescentou este ano dois títulos do Grand Slam ao seu palmarés, subindo a contagem para 19. Ao confirmar a sua presença em Montreal, o suíço demonstra a sua vontade de voltar a ser o número 1 mundial. Ausente da segunda parte da época em 2016, aproveitará agora para arrecadar o máximo de pontos ATP que conseguir. Murray, apenas 1000 pontos à frente do melhor de todos os tempos, sabe que os seus dias de líder do ranking da ATP estão contados. Vencedor de 31 de 33 dos jogos disputados esta época, "RF" é o favorito para o torneio canadiano.

Nadal também quer o trono

Preparamo-nos para assistir a um duelo entre Federer e Nadal pelo número 1 mundial. Como nos bons velhos tempos, as duas lendas atraem todos os holofotes, ofuscando os outros jogadores do torneio. Depois de uma época para esquecer (ausente da Rogers Cup, oitavos em Cincinnati e no US Open, quartos em Pequim, caiu na segunda ronda em Shanghai e atirou a toalha em Paris e no Masters de Londres) Rafa tentará também somar pontos no Canada. O seu objetivo será arrecadar os 1000 pontos, tal como Federer. Sabendo que Murray está apenas 300 pontos à frente do espanhol, não será uma grande surpresa se o maiorquino se tornar líder da classificação no fim deste Masters. Um lugar nas semifinais, conjugado com a eliminação prematura do escocês, será suficiente.

Murray sobre pressão

Murray implodiu. Imparável no final de 2016, o escocês está irreconhecível desde o recomeço da época. Nervoso com o seu estatuto de número 1 e a lutar com uma lesão no quadril, o súbdito de sua majestade esfuma-se pouco a pouco, deixando Roger e Rafa a travarem entre eles um duelo pelo número 1. Ausente do torneio canadiano em 2016 para se preparar para os Jogos Olímpicos, Andy, que saiu de cabeça baixa de Wimbledon (batido nos quartos por Querrey), vai aproveitar o evento para se testar fisicamente. Triplo vencedor da Coupe Rogers (2009, 2010, 2015), tentará aqui renascer das cinzas. Mas não deixamos de ter a sensação que nesta altura, todo o mundo – ou quase – pode bater o número 1. Triste.

Haverá lugar para os outsiders ?

A ausência de Djokovic, juntamente com a má forma em que se encontra Murray abre novas opções. Se tanto Federer como Nadal serão difíceis de parar, as portas estão abertas para quem os conseguir evitar na tabela. Falamos principalmente de Milos Raonic. Finalista perante o seu público em 2013, o canadiano procurará mostrar a sua melhor faceta. Castigado por Federer nos quartos de final em Wimbledon, continua contudo a ser um dos mais temíveis outsiders.

Stan Wawrinka é outro jogador que deve ser atentamente vigiado. O suíço é capaz de lutar em qualquer torneio. Autor de um arranque de época inconstante, o nº 4 mundial espera usar o encadeamento Montreal / Cincinnati para preparar o US Open. As suas hipóteses são reais.

Finalista de Wimbledon, Marin Cilic também representa verdadeiro perigo. O croata não conseguiu resistir a Roger nos relvados londrinos. No entanto, antes dessa final frustrante o nº 6 mundial estava a jogar um ténis de grande nível e é bem capaz de o demonstrar em Montreal.

Thiem e Zverev também tentarão brilhar no Canadá. A caminho de entrarem numa nova dimensão, estes dois bombardeiros estão programados para chegar ao topo do circuito ATP juntamente com Nick Kyrgios. Capaz de se bater com qualquer um quando joga com paixão e em plena forma, este jovem promete também animar o torneio. Regressado de lesão, Del Potro poderá também chegar longe em Montreal. Sem pressão, o argentino tem como objetivo recuperar a confiança na sua forma física antes do US Open, palco das suas maiores conquistas (título 2009). Podemos ainda citar Dimitrov, Tsonga, Berdych, Isner, Nishikori ou ainda Monfils como outros outsiders.

Toronto acolhe as senhoras

As senhoras também entram em palco no Canadá, perto de Toronto. Um torneio que se tornou bastante imprevisível com ausência da rainha, Serena Williams, perto de dar à luz o seu primeiro filho. Maria Sharapova, convidada pelos organizadores, procurará testar a sua coxa, que a privou da temporada na relva. Impulsionada para numero 1 mundial, Karolina Pliskova vai tentar liderar o torneio. Halep, Muguruza, Kerber, Ostapenko, Mladenovic, Konta e Venus Williams são também pretendentes à vitória. Será um torneio excitante.