Bónus de devolução da sua primeira aposta!   Visitar

Taça Sul-Americana - Os nossos prognósticos Taça Sul-Americana

Prognóstico 1X2

21/11
16:00
Taça Sul-Americana
Club Libertad
1 X 2
CA Independiente
21/11 16:00
Taça Sul-Americana
Club Libertad
CA Independiente
1 X 2
23/11
18:45
Taça Sul-Americana
Flamengo
1 N 2
Clube Atlético Junior
23/11 18:45
Taça Sul-Americana
Flamengo
Clube Atlético Junior
1 N 2

 


 


As estatísticas chave da Copa Sul-Americana

A Copa Sul-Americana é a segunda maoir competição da América do Sul (depois da Copa Libertadores) organizada pela CONMEBOL, à altura das grandes competições internacionais espalhadas pelo mundo.

Criada no ano de 2002 para substituir a Copa Mercosur (teve essa denominação entre 1998 e 2001), a atual Copa Sul-Americana conta com clubes de Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai, Peru, Equador, Colômbia, Bolívia, Chile e Venezuela.

O primeiro campeão foi o San Lorenzo em 2002, ao passo que o Boca Juniors é o emblema com mais títulos (2). Outras equipas que conquistaram o troféu foram: River Plate, Independiente, Lanús, San Pablo, Cienciano, Santa Fé, Pachuca, Liga de Quito, Internacional, Arsenal, Universidad de Chile y Chapecoense (o atual campeão, consagrado honorificamente depois da terrível tragédia aérea vivida antes de disputar a final contra o Atlético Nacional).

Com uma média de 2,01 golos por jogo, as equipas que jogam em casa costumam exercer um domínio evidente, e os adeptos também são protagonistas nos diferentes estádios do continente.

Aposta certa na Copa Sul-Americana

Apostar nas equipas importantes e prestigiosas do continente verifica-se muitas vezes como a melhor opção. Nesta edição, os grandes candidatos são o Independiente e o Racing (do lado da Argentina); São Paulo, Corinthians, Cruzeiroe Fluminense (Brasil); Universidad de Chile (Chile); Deportivo Cali (Colômbia) e Liga de Quito (Equador), entre outros.

A Argentina é inclusivamente o país que mais pesa a nível de conquistas nesta competição (7), seguida pelo Brasil (3) e por Colômbia, Chile, Equador e Peru (1). Surpreendentemente, o Uruguai que é uma potência futebolística do continente, não conte nenhuma equipa consagrada neste torneio.

Apresentação da prova

Esta edição será diferente, já que com as mudanças operadas pela CONMEBOL, a prova durará grande parte do ano (já não estando reservado apenas para o segundo semestre), disputado em paralelo com a Copa Libertadores.

Como novidade e à semelhança do que ocorre na Europa com a Liga Europa e a Liga dos Campeões, várias equipas eliminadas da Libertadores serão revertidas diretamente para a Copa Sul-Americana.Os participantes serão um número de 44 equipas, e o campeão disputará a Recopa Sul-Americana frente ao campeão da Copa Libertadores.